Pule para o conteúdo principal

Quem pode pedir um empréstimo consignado?

Quem pode pedir um empréstimo consignado?

Empréstimo consignado

A renda mensal assegurada garante juros mais baixos no empréstimo consignado. (Foto: Shutterstock)

O crédito consignado está entre as melhores opções para tomada de dinheiro extra no mercado. Como as parcelas são descontadas diretamente no contracheque ou nos rendimentos, os bancos ganham segurança para aplicar taxas de juros mais atrativas nessa modalidade. Mas você sabe quem pode pedir um empréstimo consignado?

A principal restrição desse tipo de linha de crédito se refere à necessidade de possuir uma renda fixa comprovada. Assim, a opção está disponível para servidores públicos, funcionários com carteira assinada, militares e aposentados e pensionistas do INSS. As condições variam um pouco para cada grupo. O Blog do Bem explica essas diferenças a seguir.

Quais são as diferenças do Empréstimo Consignado

Os bancos têm políticas diferentes para quem pode pedir um empréstimo consignado. Esses parâmetros variam em relação à idade mínima, extensão do financiamento e taxas de juros.

As mudanças, em geral, estão vinculadas à estabilidade e à renda dos candidatos. Em alguns casos, as instituições financeiras conseguem até oferecer empréstimos além da margem consignável.

Margem consignável

O Banco Central do Brasil permite que até 35% da renda seja destinada à utilização de descontos diretos no contracheque.

A maior fatia (30%) fica reservada para os chamados empréstimos consignados. Os outros 5% são exclusivos para uso do cartão de crédito consignado.

O cálculo é simples. Digamos que o seu salário seja de R$ 1 mil por mês. Assim, você poderá contrair até R$ 350 em empréstimos consignados. Essa é a sua margem consignável.

Trabalhadores com carteira assinada

Os funcionários vinculados ao regime de CLT são o grupo mais numeroso quando o assunto é quem pode pedir um empréstimo consignado. Uma das principais exigências dos bancos a esse público se refere ao tempo de carteira assinada.

É um item ligado à estabilidade financeira, o fator que dá segurança para as instituições concederem o crédito. O período mínimo requisitado, assim como o prazo de pagamento, varia de acordo com a política de cada banco. Já as taxas de juros ficam entre 1,4% e 3,5%.

Antes disso, porém, o empregado deve procurar o setor de Recursos Humanos da empresa. Nem todas as organizações oferecem a possibilidade de debitar o empréstimo pessoal direto na folha de pagamento. Se não houver essa opção, ele pode tentar o empréstimo consignado diretamente junto ao banco no qual tem a conta-salário.

Dívida em caso de demissão

Em caso de demissão, ou mesmo de falência da empresa, a dívida seguirá ativa e precisará ser renegociada junto à instituição financeira. Atualmente, é possível utilizar o fundo de garantia para realizar a quitação.

Aposentados e pensionistas

Outro grupo bastante numeroso que pode pedir o empréstimo consignado é o de beneficiários do INSS. Eles conseguem vantagens diferenciadas entre as pessoas que podem pedir um crédito consignado. Uma delas é a margem de juros, que dificilmente ultrapassa a casa de 2%.

Isso se deve a uma maior garantia de pagamento obtida pelos bancos, pois a renda de aposentados e pensionistas não corre o risco de ser descontinuada. Por outro lado, o prazo pode ser um pouco menor (72 meses, no máximo).

Idade pode ser empecilho

A explicação para o prazo está na idade avançada dos clientes. Alguns bancos adotam um certo nível de resguardo e costumam não liberar o crédito consignado para pessoas acima de 80 anos. Outros diminuem o limite do crédito para quem passa dessa faixa.

Militares

Os membros das Forças Armadas, como oficiais do exército, marinha, aeronáutica ou policiais militares, estão entre os públicos mais procurados pelos bancos. A solidez dessas instituições e os bons salários contribuem para a segurança que o mercado procura na hora de conceder crédito.

Em geral, os militares encontram prazos e taxas bastante atrativos. O parcelamento, por exemplo, pode chegar a 96 meses. Já a média da taxa de juros mensal fica em 1,5%. A idade mínima para contrair o empréstimo consignado dentro desse grupo é de 21 anos.

Além da margem

Outra vantagem dos militares se refere à margem consignável. Em razão da garantia, alguns bancos abrem a possibilidade de contratação de créditos acima do limite dos 35%.

Servidores públicos

Os funcionários de empresas estatais (municipais, estaduais ou federais) são outro público bastante procurado pelas instituições financeiras. Aqui, o perfil é semelhante ao dos militares. Ou seja, o trunfo está na combinação entre bons rendimentos e estabilidade.

As taxas de juros ficam em cerca de 2% ao mês, com prazos de até 96 parcelas. Os órgãos públicos, via de regra, têm convênios com as instituições bancárias, facilitando a obtenção do crédito consignado.

Pensando em pedir um empréstimo consignado? O site da Bem Promotora oferece informações adicionais relativas ao tema. Lá, você também encontra ótimas opções para diversos tipos de clientes, inclusive negativados. Simule sua proposta com a gente.

Os comentários estão encerrados.