Pule para o conteúdo principal

BOA GESTÃO EM TODAS AS GERAÇÕES

BOA GESTÃO EM TODAS AS GERAÇÕES

Pessoas em ambiente de trabalho

A gestão de pessoas vive uma fase desafiadora. O motivo? A diversidade etária dos profissionais que convivem no mercado de trabalho. Não raro, as empresas contam com colaboradores das gerações Baby Boomer, X, Y e Z em um mesmo projeto. Cada um desses grupos, porém, tem características próprias. Neste sentido:

 

As boas práticas de gestão de RH surgem como trunfo para organizar equipes heterogêneas.

 

Uma dessas ferramentas mais eficientes é o feedback. As gerações mais jovens preferem um retorno constante de seus desempenhos. Isso porque os novos profissionais estão acostumados ao ritmo de comunicação veloz imposto pela tecnologia. O acompanhamento contínuo também alinha os mais experientes a essa dinâmica e garante a calibragem correta dos projetos.

Metas e objetivos

As boas práticas de gestão de pessoas também podem incluir um plano de metas e recompensas. Os Baby Boomers gostam de ser desafiados e costumam não medir esforços para alcançar o objetivo estabelecido pela empresa. Já os jovens talentos – geralmente inquietos e ávidos por crescimento – buscam oportunidades para colocar sua vasta criatividade em prática.

Acima de tudo, as boas práticas de gestão de pessoas são um vetor para equalizar as particularidades dos profissionais. E contar com uma equipe afinada é o caminho mais rápido para que qualquer organização atinja suas metas e colha os resultados esperados.

Os comentários estão encerrados.