Pule para o conteúdo principal

Novembro Azul: saiba como prevenir o câncer de próstata

Novembro Azul: saiba como prevenir o câncer de próstata

Preconceito é o maior obstáculo na prevenção do câncer de próstata. (Foto: Shutterstock)

Se o rosa foi a cor de outubro, chamando atenção aos cuidados com o câncer de mama, o mês de novembro tem o azul como símbolo. O Novembro Azul é um movimento mundial que procura divulgar a importância de prevenir o câncer de próstata.

A doença é o segundo tipo de câncer mais comum entre o público masculino e se manifesta, em geral, a partir dos 50 anos. Um dos principais desafios é o preconceito que muitos homens têm em procurar uma avaliação médica preventiva.

Pensando nisso, o Blog da Bem vai entrar na onda do Novembro Azul e trazer algumas informações importantes sobre o problema. Confira!

O que é a próstata 

A gente começa explicando que órgão é esse. Trata-se de uma glândula em forma de noz que apenas os homens possuem. Fica localizada à frente do reto, junto à uretra e abaixo da bexiga. A função da próstata é auxiliar tanto na produção do sêmen quanto no processo de ejaculação.

O que é o câncer de próstata 

Assim como nas demais apresentações da doença, o câncer de próstata se dá em razão de uma multiplicação desordenada das células. Isso leva ao aparecimento de um tumor, que pode comprometer o órgão e se alastrar pelo organismo, por meio de metástases.

A incidência desse tipo de câncer é bastante alta. No Brasil, por exemplo, um homem morre em decorrência de tumores na próstata a cada 38 minutos. Os dados são do Instituto Nacional do Câncer (Inca).

As causas são desconhecidas 

É muito difícil saber qual a causa exata para o aparecimento de um câncer de próstata. Por outro lado, alguns fatores de risco podem ser apontados.

Idade: os tumores de próstata raramente surgem antes dos 40 anos. Eles se tornam mais comuns a partir dos 50 anos, com maior incidência após os 65.

Raça: homens negros têm uma propensão maior a desenvolver a doença e também as suas manifestações mais agressivas.

Dieta: uma dieta rica em carnes vermelhas e embutidos pode estar relacionada ao aumento da incidência do câncer de próstata.

Prostatites: inflamações recorrentes nesse órgão também podem desencadear o aparecimento de tumores.

Histórico familiar: homens com pais, avôs ou tios que tenham apresentado câncer de próstata possuem mais chances de desenvolver o problema.

Sintomas 

Em seu início, o câncer de próstata pode não ter sintomas muito evidentes. Alguns deles se assemelham à hiperplasia benigna da próstata, que é um aumento do tamanho do órgão. Isso provoca dificuldade de urinar ou micções mais frequentes durante a noite.

Já os casos mais avançados podem vir acompanhados de dores no corpo, infecções e insuficiência renal. A presença de sangue na urina e a diminuição da força dos jatos também são indícios do câncer de próstata e requerem avaliação médica.

Como diagnosticar

O diagnóstico da doença se dá por exames clínicos, laboratoriais e radiológicos. Um deles é a avaliação dos índices de PSA, que apresentam as condições do órgão. Outra medida é através do exame de toque retal.

Aqui entra um grande dilema em relação à prevenção dessa enfermidade. Muitos homens evitam realizar a avaliação por puro preconceito, temendo que isso possa afetar a sua masculinidade de alguma forma.

O Novembro Azul surge exatamente para estimular uma mudança de mentalidade dos homens e a realização desses exames, que devem ser feitos de forma periódica a partir dos 45 anos, mais ou menos.

A combinação dos resultados do PSA e do exame de toque indicam a necessidade de uma biópsia da próstata para confirmar a existência do tumor.

Tratamentos

 Os tratamentos incluem diferentes abordagens, indo desde medicamentos e tratamentos até radioterapia e quimioterapia quando há o aparecimento de metástases.

Em casos nos quais o câncer é isolado, é possível retirar um pedaço da próstata por meio de cirurgia para evitar que a doença se alastre.

Prevenção é o melhor caminho 

Além da realização dos exames periódicos, a melhor forma de evitar o câncer de próstata é a adoção de hábitos saudáveis. Manter uma alimentação equilibrada, evitar o tabaco, praticar exercícios e controlar os níveis de glicose, pressão arterial e colesterol são algumas das medidas que podem diminuir as chances de aparecimento da doença.

Os comentários estão encerrados.