Pule para o conteúdo principal

5 receitas de chás para o inverno

5 receitas de chás para o inverno

Chás para o inverno

Além de aquecer nos dias frios, os chás fazem bem à saúde. (Foto: Shutterstock)

Um chazinho quente cai bem em qualquer época do ano. Mas esse costume parece ficar ainda mais gostoso no friozinho do interno. Além de saborosa e reconfortante, a bebida pode ser uma ótima aliada para a saúde. Existem plantas que aumentam a imunidade, outras auxiliam na digestão. Algumas até ajudam a relaxar, diminuindo o estresse do distanciamento social. Pensando nisso, o blog da Bem vai listar cinco receitas de chás para aquecer o seu inverno.

Vale uma dica prévia: procure não misturar muitas plantas no mesmo chá. A não ser que a infusão tenha sido indicada por um herbalista ou mesmo um nutricionista. É importante conhecer bem as dosagens e como funcionam as interações das substâncias contidas em cada chá. Assim, você evita qualquer efeito colateral indesejado.

Os melhores chás para o inverno

A variedade de chás indicados para essa época do ano é imensa, sejam feitos com flores, plantas, raízes ou até frutas. Na lista a seguir, privilegiamos chás que possam ser úteis não apenas para o inverno, mas também nesse momento complicado da pandemia. Lembrando sempre que nenhum deles funciona como tratamento para o coronavírus.

Chá de carqueja: bom para a circulação

Vamos combinar: os dias frios não são exatamente os mais convidativos para praticar exercícios. Dá aquela preguiça de se mexer. Isso ficou ainda mais complexo em razão do isolamento social. E um dos reflexos de se movimentar menos pode ser a má circulação, especialmente se você já tem uma tendência a apresentar esse quadro. Saiba que o chá de carqueja é um bom aliado para combater o problema.

A carqueja ajuda a evitar o acúmulo de gordura nas artérias, um dos principais causadores de enfermidades cardiovasculares. Além disso, a planta previne a prisão e ventre e é ótima para melhorar a digestão. O modo de preparo é simples. Você vai precisar de quatro colheres de sopa de folhas de carqueja e um litro de água. Ferva a água e adicione as folhas picadas. Depois de 30 minutos, retire o líquido e passe num coador.

Chá de guaco: reforço na imunidade

A chegada dos meses frios aumenta a preocupação com gripes e resfriados. E a melhor forma de evitar esse problema é aumentar a imunidade. Talvez, nunca tenha sido tão importante manter as defesas do organismo funcionamento plenamente como nesse ano, em razão da pandemia. O chá de guaco pode dar uma força aos seus anticorpos.

O guaco tem componentes anti-inflamatórios e antibacterianos. Isso é importante para evitar agressões de micróbios ao organismo. Para fazer o chá, ferva meio litro de água, misture uma colher de sopa das folhas picadas e aguarde cinco minutos. Depois, coe. Vale ressaltar que o guaco não é indicado para gestantes. Além disso, claro, a planta não evita nem trata o coronavírus.

Chá de alho: fim da tosse

O alho é um dos temperos preferidos da culinária brasileira. Além de deixar a comida mais saborosa, ele é outro dos aliados para manter a imunidade em alta. O chá de alho pode ajudar a diminuir os sintomas da gripe, em razão de algumas substâncias contidas no bulbo da planta, como zinco, selênio e alcina. Elas são ótimas para deixar o nosso organismo mais resistente a possíveis invasores invisíveis, incluindo vírus e bactérias.

Outro ponto forte do alho é a sua propriedade expectorante. Ou seja, é um chá que cai bem para quem estiver com tosse, pois ajuda a expelir o muco. A preparação do chá

é um pouco diferente. Os dentes de alho não devem ser cortados, mas amassados. E também não precisam ser fervidos junto com a água. O ideal é aquecer a água em separado e depois só derramar sobre o alho amassado. Isso ajuda a manter a maior parte das suas propriedades. Você pode misturar um pouco de mel para suavizar o sabor.

Chá de camomila com hortelã: relax garantido

O estresse do dia a dia não escolhe estação. Muitas pessoas precisam enfrentar uma rotina estafante, faça frio ou calor. A pandemia e o medo do contágio deixam a tensão ainda maior. O chá de camomila com hortelã pode ser a solução para quando você estiver com dificuldade de relaxar ou mesmo pegar no sono.

A combinação das duas ervas oferece uma boa dose de vitaminas A e do complexo B. Esses elementos são antioxidantes naturais e têm uma ação fundamental no combate ao estresse e à ansiedade. O chá ainda possui outros dois componentes que atuam no mesmo problema: o mentol, presente na hortelã, é um relaxante muscular; já a glicenia, encontrada na camomila, combate a insônia. A infusão é feita com a colocação das duas plantas na água fervendo. Depois, é só coar o líquido e pronto.

Chá de gengibre: uma forcinha na digestão

O inverno é a melhor estação para ficar em casa quentinho e comendo um monte de delícias. Quando a gente exagera, entretanto, o estômago reclama. O chá de gengibre evita que você sofra com azia e má digestão depois de meter o pé na jaca. A planta, inclusive, é recomendada pela Organização Mundial da Saúde (OMS) para essa finalidade.

A indicação é tomar o chá antes das refeições. Assim, o gengibre já prepara o seu estômago para digerir melhor a comida. O chá de gengibre também é útil para aliviar sintomas como cólicas e náuseas, podendo ser ingerido pelas gestantes. A planta ainda é rica em vitamina C, fundamental para a imunidade. É só cortar alguns pedaços da raiz, incluindo a própria casca, e colocar para ferver.