Dicas para economizar na reforma da casa

Dicas para economizar na reforma da casa

Não há lugar como a casa da gente. Boa parte dos momentos felizes da vida acontecem no aconchego do lar, ao lado dos entes queridos. E melhorar esse cantinho de amor está entre os sonhos de muitas famílias. Existem reformas para todos os bolsos. Dependendo do projeto, entretanto, os valores podem ficar acima do esperado. Mas saiba que, com um pouquinho de estratégia, dá para deixar a casa do jeitinho que você quer.

A seguir, confira algumas dicas do Blog da Bem para economizar na reforma.

Entenda o tamanho do seu sonho

A casa dos sonhos já existe na sua mente. O primeiro passo para transformá-la em realidade é saber quanto vai custar. Liste tudo o que seria necessário para o projeto, incluindo mudanças de estrutura ou novas cores. Em seguida, converse com um profissional da área de construção. Ter esse apoio é vital. Obras irregulares ou projetos mal feitos são um passaporte para o fracasso. O especialista também ajudará a mensurar a quantidade dos materiais necessários – como tijolos, cimento ou tinta. Com a lista em mãos, visite algumas lojas do ramo para comparar os preços. Estude a possibilidade de comprar tudo no mesmo estabelecimento – a probabilidade de você obter descontos é maior.

Entenda o tamanho do seu bolso

Agora que você já tem noção de quanto a obra vai custar, é hora de avaliar quais são as suas possibilidades financeiras. A regra, aqui, é usar a mente em vez do coração. O projeto precisa caber no seu bolso. Não faça concessões, pois você corre o risco de precisar parar a obra na metade. Aí, o sonho da reforma da casa pode virar um pesadelo. Vale criar um fundo para o projeto. Faça as contas e, se for necessário, economize durante um tempo. Com o dinheiro na mão, dá para fazer compras à vista, evitando custos do parcelamento.

Faça por etapas

Uma das formas de economizar na reforma da casa é fazer a obra em etapas. Crie um cronograma de acordo com a sua projeção financeira para os próximos meses – ou até em prazos mais estendidos. Eleja prioridades e estabeleça datas de início e término para cada estágio. Lembre-se: obras costumam demorar. Então, seja realista com os prazos. Isso evita que o processo se estenda por mais tempo do que o esperado – uma das principais causas do estouro de orçamento.

Conheça o profissional

A etapa anterior depende muito de quem irá realizar a obra. Antes de escolher uma empresa ou um profissional, busque referências. A qualidade da mão de obra é um dos fatores mais importantes para economizar na reforma da casa. Uma equipe de construção capacitada evita o desperdício de materiais, zela pela finalização do trabalho dentro do prazo e segue o projeto combinado. Um construtor experiente pode até reaproveitar materiais que você já tem na casa, gerando mais economia. Aposte em bons profissionais, mesmo que não sejam os mais baratos.

Materiais de qualidade

O construtor também pode ajudar na escolha do material. Aqui, novamente, vale a regra da qualidade. Nem sempre o produto mais barato rende mais. Uma tinta de menor qualidade, por exemplo, pode exigir um número maior de galões para que se obtenha um resultado satisfatório. Procure adquirir os materiais com lojistas de confiança. Eles podem indicar marcas e produtos com melhor custo-benefício para o orçamento da sua obra.

Pisos laminados

O piso é um dos elementos que mais dão personalidade a uma reforma. Mas refazer toda essa parte da casa pode custar caro. Uma opção econômica são os pisos laminados. O diferencial é que esse modelo pode ser colocado sobre materiais já existentes, como lajotas ou madeira. Ou seja, você não precisa quebrar todo o chão da sua residência para ter um piso novo.

Adesivagem

Outro quesito que dá um charme todo especial à reforma são os azulejos. E você não precisa trocá-los para ter uma cozinha ou um banheiro novo. Existem adesivos específicos para mudar o visual dos azulejos. Além de mais barata, essa opção permite que você solte a imaginação e crie uma decoração com diferentes cores e formatos para as paredes.

Os comentários estão encerrados.