Meia-idade: 3 dicas para a carreira

Meia-idade: 3 dicas para a carreira

Um dia, a juventude termina. Não há como escapar. Só que a percepção da passagem do tempo, porém, pode trazer conflitos. Eles costumam surgir entre os 40 e os 60 anos – e são classificados como a “crise da meia-idade”.

Os homens, via de regra, são mais afetados pelo fenômeno, que suscita dilemas em diversos setores da vida. No âmbito profissional, a crise da meia-idade pode vir acompanhada por um desânimo com as escolhas feitas na carreira.

A saída para não se abater é concentrar-se nos aspectos positivos proporcionados pela experiência. Confira três dicas de como aproveitar esses elementos.

  1. Crie novos desafios: uma das formas de manter a empolgação em alta é renovar as metas profissionais. Trace as melhores rotas e saia da zona de conforto.
  2. Filtre as opções: com a bagagem colhida ao longo dos anos, o profissional se torna mais seletivo. Em suma, ele sabe melhor o que quer. A hora, portanto, é de priorizar projetos verdadeiramente relevantes.
  3. Foco no bem-estar: os cuidados com a saúde devem ser priorizados daqui em diante. Alimentação, atividade física, convívio com a família: equilibrar o trabalho e a vida pessoal pode ser a receita para o sucesso nessa nova fase da carreira.

Os comentários estão encerrados.