Pule para o conteúdo principal

QUEM SÃO OS MEDIADORES CULTURAIS

QUEM SÃO OS MEDIADORES CULTURAIS

Sete pessoas sentados no chão conversando

Atentas à dinâmica dos negócios globais, algumas empresas apostam em uma profissão que há pouco tempo poderia ser apontada como “do futuro”. Tratam-se dos mediadores culturais, indivíduos responsáveis por fazer o “meio de campo” entre pessoas de diferentes nacionalidades e culturas.

 

Não é à toa. Equipes ricas em diversidade costumam entregar resultados acima da média e atingem maiores níveis de inovação. Entretanto, perspectivas diferentes podem resultar em atritos. Daí a importância de um mediador que recoloque os projetos nos trilhos.

 

Um estudo realizado na escola de negócios Insead, por exemplo, analisou dados de 2 mil equipes que contavam com pessoas de mais de 40 países. O resultado identificou que os times mais criativos eram justamente aqueles que contavam com mediadores culturais. E eles se dividem em dois perfis.

 

#Insiders: compartilham duas ou mais culturas, como um americano com pais indianos. Esse tipo de mediador está mais propenso a trabalhar em eventuais conflitos entre colegas da Índia e EUA.

#Outsiders: acumulam experiências multiculturais diferentes dos demais colegas. Com isso, adotam uma postura neutra para fazer questionamentos e incentivá-los a contribuir com suas bagagens culturais específicas.

Os comentários estão encerrados.