Pule para o conteúdo principal

É possível mudar a vida depois dos 50 anos?

É possível mudar a vida depois dos 50 anos?

mudar de vida depois dos 50

Manter a alma jovem é a principal dica para mudar de vida depois dos 50. (foto: Shutterstock)

A chegada da maturidade é uma época cercada de transformações. E isso acontece em diferentes âmbitos. A forma como pensamos, a maneira de encarar o tempo, o relacionamento com o próprio corpo. É uma nova fase que se inicia. Dos sonhos realizados às grandes frustrações, quem já viveu cinco, seis ou mais décadas soma muita experiência. E ainda tem tempo de sobra para colecionar novas aventuras. Mas será que é mesmo possível mudar a vida depois dos 50 anos?

A resposta é sim. Atualmente, a expectativa de vida dos brasileiros é cada vez mais longa. Além disso, a evolução da ciência e dos cuidados com a saúde tende a melhorar o bem-estar de quem está na maturidade. Em breve, será comum alcançar os 100 anos com uma rotina plena e produtiva. Ou seja, quem está na casa dos 50 ou 60 recém começou a segunda metade da jornada.

Pensando nisso, o Blog da Bem traz algumas dicas para quem está pensando em recomeçar a vida depois dos 50 anos. Pode ser com um novo emprego, um projeto pessoal, um novo amor. Enfim, ainda há muito pela frente. E a experiência ajuda a aproveitar as oportunidades que o futuro trará com muito mais sabedoria.

Qual o segredo para mudar a vida depois dos 50?

Não existe uma receita única para todas as pessoas. Vai depender das experiências que você somou até aqui. E também daquelas que pretende viver – seja no campo afetivo, profissional ou mesmo espiritual. Cada uma delas exigirá diferentes posturas e medidas a serem tomadas. As possibilidades são inúmeras.

Mantenha a alma jovem

O único ponto em comum tem a ver com a sua alma. A máxima de que a alma não envelhece é o mantra principal para quem quer mudar a vida depois dos 50 anos. A sua carteira de identidade pode mostrar um número, mas a sua mente não precisa respeitá-lo. É ela, acima de tudo, quem deve estar permanentemente jovem.

Pense em cada uma das suas convicções sobre a vida e pergunte se elas são realmente verdadeiras. Agora, avalie o que você aprendeu e em tudo que falta aprender. Essa contestação e a busca pelo novo são formas de manter o espírito com fome de vida.

Ignore os padrões

Muitas vezes, acreditamos em um estereótipo imposto pela sociedade sobre como devemos agir de acordo com a nossa idade. Mas ninguém é obrigado a seguir esse padrão. A aposentadoria, por exemplo, não precisa ser sinônimo do fim da sua produtividade ou de dias inteiros sem tirar o pijama e com o controle remoto na mão.

Quer começar a cantar aos 53? Solte a voz. Vai cursar uma faculdade aos 61? Sorte nos estudos. Está em busca do amor aos 70? Que o cupido lhe abençoe. Vai dar a volta ao mundo com 82? Boa viagem! Não deixe que uma norma invisível guie os seus sonhos. Eles são seus – e de mais ninguém. Esqueça os limites autoimpostos. Simplesmente vá em frente. A hora é essa.

O valor da espontaneidade

As responsabilidades da vida profissional e até mesmo a preocupação em servir de exemplo aos filhos podem fazer com que nos sintamos um pouco presos a convenções. Isso pode ser abrandado com a chegada da maturidade.

Há quem diga que envelhecer é tornar-se aquilo que sempre deveríamos ter sido. Esse, portanto, é um bom motivo para mudar a vida depois dos 50. A partir de agora, você será fiel a você mesmo em primeiro lugar. Talvez, uma vida realmente nova possa começar a surgir a partir dessa mentalidade.

Aposte na sua capacitação

Seja qual for o seu objetivo, sempre é importante estar preparado. Busque informações e novos conteúdos sobre os temas que lhe interessam. Se o desejo é voltar ao mercado de trabalho, por exemplo, talvez seja hora de procurar uma atualização na área profissional.

A internet oferece uma série de cursos online – muito deles gratuitos. Estudar é uma forma de alimentar a sua criatividade, mantendo a mente sempre ativa. Já para quem pretende iniciar um negócio próprio, uma boa alternativa é procurar as dicas do Sebrae para empreendedores acima dos 50 anos. As capacitações dão mais segurança para quem vai iniciar em uma área pouco conhecida.

Saúde em dia

Uma dica fundamental para quem quer mudar a vida depois dos 50 e buscar novos objetivos é manter a saúde física em dia. O seu corpo é o seu veículo nessa jornada. É preciso que ele esteja em perfeitas condições e cheio de energia para que você possa encarar novos desafios sem percalços.

Nesse sentido, é importante consultar um médico periodicamente. Mesmo que você não apresente sintomas. O geriatra, por exemplo, é o especialista responsável por nos ajudar a lidar com a passagem do tempo. Ele pode ser um grande parceiro nesse seu novo momento.

Forcinha no caixa

Muitos sonhos são postergados por falta de recursos. A chegada da maturidade é uma fase propícia para que eles se tornem prioridade. E é possível realizá-los mesmo que você não tenha uma grande poupança. Hoje em dia, o setor financeiro oferece ótimas opções de crédito para aposentados e pensionistas.

A melhor delas é o crédito consignado, que tem taxas bastante atrativas. Buscar uma força no caixa pode ser a saída para apostar num novo negócio, fazer um procedimento estético, cursar uma faculdade ou mesmo empreender aquela viagem há muito projetada.

Alma jovem, mente despida de preconceitos, corpo saudável, uma pitada de estratégia e um dinheirinho para ajudar. Talvez não seja a fórmula ideal para mudar a vida depois dos 50 anos. Mas pode ser um bom caminho.

Pensando em pedir um empréstimo ou um cartão de crédito consignado? O site da Bem Promotora oferece informações adicionais relativas ao tema. Lá, você também encontra ótimas opções para diversos tipos de clientes, inclusive negativados. Simule sua proposta com a gente.